Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

embriaguez_lunática

embriaguez_lunática

És_*

Existem ligações inseparáveis, ligações que vão continuar perfeitas mesmo sem se tocarem, existem pessoas que te vão acompanhar para sempre, mesmo que não caminhem do teu lado, existem momentos que te farão companhia por tempos infinitos. E Tu És a pessoa que me irá acompanhar para sempre, És aquele abelhudo que me trás consigo, mesmo que seja impossível, És aquele que colocas um sorriso nos meus lábios, mesmo nos dias em que somente as lágrimas teimam em cair; És aquele que me entende com um olhar, És a medida perfeita para mim, És a loucura que perdi, És aquele que que me amou pela essencia do que sou, e não pelo corpo fui, és a magia que um dia criamos, És o desejo que nunca se perdeu, És um passado lindo, um presente falhado, e um futuro que quero viver. És a vela no escuro, És o doce no meio do amargo, És o pássaro que libertei, És o mesmo pássaro que nunca quisera voar e eu forcei. És a alegria no fundo da tristeza, és a boca que beijei, os lábios que deixei, o sorriso que perdi.

E serás sempre o Homem que eu amei…amo...amarei...

Pensamentos_lunático#6

Um dia todas as estrelas no céu irão sentir inveja do nosso amor, nesse dia todo o universo irá nos contemplar e saudar pela alegria e perfeição deste amor, calculo que não exista espaço na terra para um amor como o nosso. Só isso explica o porquê de não estarmos juntos, mas assim que o universo estiver preparado para o nosso amor, não existirá galáxia alguma que nos separe.

Têm sido difíceis estes momentos em que não te vejo, confesso. São dias que parecem anos, gostava mesmo era poder invadir o teu espaço, colidir com o teu mundo e formar um novo planeta, no entanto isso causaria explosões e por consequência destroços, todavia seria um mal necessário para uma nova vida.

Pensamentos_lunáticos#5

Procurei-te a noite inteira, em vão corri o mundo dos sonhos, pois vens somente quando te dá na “telha”, na imensidão desse teu olhar percorri os mais duros caminhos, queria descobrir o que me reservava esse amor, foram montanhas e planícies de olhares e sorrisos, carinhos disfarçados de tempestades tropicais. Mas nada encontrei, somente medo, sim medo de falhar, medo de magoar. Sem perceberes que a ferida aqui já é cicatriz. E nesse entrave pergunto se valera o preço de ter medo e não avançar. Creio que não, acredito que um dia quando a coragem te abundar serei eu que não vou querer pisar um chão que não é o meu. E nesse dia talvez sejas tu a percorrer os sonhos á procura do meu olhar, um olhar que poderá estar escuro sem brilho porque o medo o apagou, por um ciclone chamado decepção.

 

Ser perfeito...

Na retidão de ser perfeito, vais descobrir que a completude não existe, porém a exactidão do que é, trata-se da mais singela forma de afinação. A vida irá encarregar-se de demonstrar a mais bela forma de ser sublime, iras desvendar que o ideal não existe somente aproximação. E nesse dia conseguirás ser feliz, nem que seja apenas por um instante. A mim resta-me esperar que nesse momento seja eu que te acompanhe.

Evidente#demais

É evidente que eles se querem, é notável o desejo que nutrem um pelo outro, ela avança e ele recua, mais tarde o ele investe e ela suspeita; e neste "joguinho" caminham os dois. Sempre na dúvida, será que sim será que não. Hoje quando te vi, senti-me completamente trémula, queria voar para os teus braços e num abraço perfeito confessar que te quero!! Queria ter segurado a tua mão e sentir os teus dedos entrelaçados nos meus e num gesto de carinho terminar com um beijo caloroso, somente para entenderes que não é só loucura, que não é ilusão, é sim um desejo mutuo que não controlamos. Podemos fugir eternamente, fingir que esquecemos, mas jamais poderemos apagar o sentimento que aqui coabita, e à espreita aguarda o momento em que a vergonha mingue e a coragem demonstre habilidade para crer que podemos ser felizes juntos.

Quando o passado retorna...

Andei metade da minha vida a tentar arrumar um passado muito feliz, no entanto carregado de mágoas, andei a vacinar-me contra ele, ganhei anticorpos, e de repente o passado apresenta-se no presente, e como se nada fosse disse: voltei, aqui estou eu de novo para te atormentar. Agora pergunto eu, com as gavetas todas arrumadinhas, com tudo organizado, chegas e desarrumas tudo de novo, vens e queres levar-me contigo, sem destino traçado, sem compromisso marcado, o que pretendes? Chegaste e já causaste um Tsunami na minha vida. Não podes, não poderei conceder-te esse poder. Já passaram muitos anos, tudo mudou…o passado não será igual no presente, nunca…e o pior de tudo, é que quando o passado retorna ainda mexe muito comigo.

és assim...

Existem pessoas que conseguem levar todos os medos que carregamos e tu és assim, bastou chegares junto de mim para me levares todos os pesadelos, por momentos apagaste todos os problemas que carrego.

És assim, ou fazes-me assim. Impressionante, és algo que não consigo controlar, és uma emoção tão boa e tão má, és o certo e o errado. És especial e não tens noção disso ou não queres ter, és uma loucura que me faz bem, sem mesmo nunca teres sido nada. Sabes-me bem, olhar-te é o suficiente para estampar este sorriso que trago hoje, mesmo que a vida não esteja para sorrir. O som da tua voz acalma-me e leva-me para longe, a tua respiração beija-me e estimula todos os meus sentidos. A pela arrepia-se sem me tocares, o meu olhar denuncia-me, mesmo que eu finja que não quero saber de ti. É incontrolável este sentir. Se é amor não sei...o que sei é que me fazes bem, és tu que me fazes sentir completa, enches-me a alma de emoções, consegues preencher o meu coração...

pequena_conversa_a_1#

O tempo preparou-me para não te ter do meu lado, a vida ajeitou-se para me fazer acreditar que não eras tu. Foram anos a identificar onde erramos, quem errou…inútil, e quando não consegues perceber o porquê, mais ilógico se transforma o sentir. Hoje presumo que estou acomodada, sim admito…acomodada a uma vida que quis construir do teu lado, mas no fim foi outra alma que me acompanhou. Tu perguntas-me porquê e a única resposta que te consigo dar é que: não sei.

Depois, oh depois como disse, a vida compôs-se sem saber nada de ti, concedeu-me um caminho distante do teu, e mesmo sempre caminhando passo a passo contigo, ainda assim bem longe de ti, acomodei-me ao meu novo mundo. E do zero construi um nada, mas um nada, que para mim é TUDO. Difícil? Eu sei, para ti é inalcançável o entendimento. E como eu te compreendo, pois se nem mesmo eu o consigo atingir.

O Tempo, esse fez-me muitas vezes olhar para trás, esse culpa-me, esse que leva dias e dias a apontar-me o dedo.

E Eu!? Ah eu, pois eu sei que unicamente serei culpada.

qual ponto

Há dias em que penso bastante o que nos fez chegar a este ponto? Um ponto sem vírgula, um ponto sem fim, um ponto sem nós. Percorremos o que havia de melhor para percorrer! Vivemos o que inventamos, e do que inventamos tudo vivemos…só nós, somente nós poderíamos ter construído aquilo, mais ninguém seria capaz de desenhar a perfeição que fomos. E hoje neste ponto indefinido estamos os dois sem um ponto de referencia…

Pensamentos_lunáticos#4

Tens um dom que nem tu mesmo comandas, se ou menos noção tivesses do estrondo que me provocas, se ou menos tivesses perceção de como te quero num abraço sem fim, num beijo inacabado. Esse poder da tua voz que perturba o meu ser, assim como uma borboleta perturba um coração disfarçado de estomago, o teu sorriso inquieta-me, fazes a delícia do meu dia, bebes do mesmo desejo que eu, sabes perder-te em mim, e depois pedes-me para não tomar mais deste sentimento quando és tu que me dás de beber.