Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

embriaguez_lunática

embriaguez_lunática

Evidente#demais

É evidente que eles se querem, é notável o desejo que nutrem um pelo outro, ela avança e ele recua, mais tarde o ele investe e ela suspeita; e neste "joguinho" caminham os dois. Sempre na dúvida, será que sim será que não. Hoje quando te vi, senti-me completamente trémula, queria voar para os teus braços e num abraço perfeito confessar que te quero!! Queria ter segurado a tua mão e sentir os teus dedos entrelaçados nos meus e num gesto de carinho terminar com um beijo caloroso, somente para entenderes que não é só loucura, que não é ilusão, é sim um desejo mutuo que não controlamos. Podemos fugir eternamente, fingir que esquecemos, mas jamais poderemos apagar o sentimento que aqui coabita, e à espreita aguarda o momento em que a vergonha mingue e a coragem demonstre habilidade para crer que podemos ser felizes juntos.

ai, sim!

Quando percebes que já bebeste tanto deste sentimento mesmo antes de ele o ser, quando percebes que estás embriagada por um beijo que nunca provaste, por um abraço que nunca sentiste. Ai sim, percebes que estás louca.

talvez#isso

O que nos faz gostar de algum tão diferente de nós? No meu caso, talvez a culpa seja da embriaguez com que fico quando absorvo o som da tua voz, ou apenas quando procuro o teu olhar, ou talvez esteja simplesmente louca. Sim talvez seja isso. e tu será que estas embriagado como eu, ou estás lucido que não és capaz de ver o quanto te quero? Ver, és capaz de ver, falta-te destemor, provavelmente por não ser amor, ou simplesmete por mais mil razões que eu não quero saber.