Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

embriaguez_lunática

embriaguez_lunática

Pensamentos_lunático#6

Um dia todas as estrelas no céu irão sentir inveja do nosso amor, nesse dia todo o universo irá nos contemplar e saudar pela alegria e perfeição deste amor, calculo que não exista espaço na terra para um amor como o nosso. Só isso explica o porquê de não estarmos juntos, mas assim que o universo estiver preparado para o nosso amor, não existirá galáxia alguma que nos separe.

Têm sido difíceis estes momentos em que não te vejo, confesso. São dias que parecem anos, gostava mesmo era poder invadir o teu espaço, colidir com o teu mundo e formar um novo planeta, no entanto isso causaria explosões e por consequência destroços, todavia seria um mal necessário para uma nova vida.

Passado#1

Foste um mundo de descobertas, em tempos a pessoa mais importante na minha vida, sim é verdade, concedi-te esse papel. Foi a ti que dediquei a minha adolescência, foi contigo que sonhei em noites mágicas, foste tu que me fizeste estar acordada por madrugadas continuas. Na realidade foi contigo que soube o que era um beijo apaixonado, um olhar inocente e um sorriso verdadeiro. Foi contigo que aprendi a comunicar sem soletrar qualquer palavra, brindaste-me com um amor puro, partilhamos a alegria de sermos nós, na verdade sem mascaras forçadas pelas sombras da sociedade, ofereceste-me o que de mais belo um homem pode conceder a uma mulher, a totalidade de um amor puro. E por isso sou te grata, e por isso estarás sempre na minha memoria e no meu coração. Como eu costumo dizer soubeste escrever no meu livro, soubeste marcar a página e manter-te por muitos anos no mesmo capítulo...

Quando o passado retorna...

Andei metade da minha vida a tentar arrumar um passado muito feliz, no entanto carregado de mágoas, andei a vacinar-me contra ele, ganhei anticorpos, e de repente o passado apresenta-se no presente, e como se nada fosse disse: voltei, aqui estou eu de novo para te atormentar. Agora pergunto eu, com as gavetas todas arrumadinhas, com tudo organizado, chegas e desarrumas tudo de novo, vens e queres levar-me contigo, sem destino traçado, sem compromisso marcado, o que pretendes? Chegaste e já causaste um Tsunami na minha vida. Não podes, não poderei conceder-te esse poder. Já passaram muitos anos, tudo mudou…o passado não será igual no presente, nunca…e o pior de tudo, é que quando o passado retorna ainda mexe muito comigo.

Uma mistura agridoce

Uma mistura agridoce, uma sensação de inacabada, um desejo incompleto, uma fórmula imprecisa. Éramos um abrigo primoroso, que fazia a delicia de ambos, éramos o segredo guardado num coração congelado. Fomos saudade e lembranças, éramos o ontem e o hoje, sem nunca termos sido um amanhã. Agora nada somos, mesmo que a vontade seja gigantesca, haverá sempre um motivo que bloqueia, haverá sempre uma condicionante que nos fará recuar. E perdidos iremos continuar, eu embriagada pelo desejo que carrego, na anseia de um beijo prometido, de um toque anunciado e de um olhar marcado pela saudade que caminha ao meu lado, já tu, iras culpar-me eternamente pelo desperdício deste amor, pelas escolhas, pelas atitudes e falta delas…

Fomos#isto_fomos#mais

Fomos um templo de emoções, recordo cada momento partilhado, fomos a natureza no seu mais belo esplendor, fomos tudo e não fomos nada. Fomos o que queríamos e também o que sempre repugnamos, fomos as experiencias vividas, fomos o olhar mutuo, a sintonia sublime, o compasso perfeito, fomos um amor puro e um amor imperfeito, fomos aquilo que quisemos ser e se nada mais fomos somente nos somos os culpados.

saudade?!

Existem olhares que nos encantam, existem sorrisos que não se esquecem, haverá sempre palavras a ecoar nas nossas cabeças como se um diário falado se tratasse, para sempre vai estar la aquela paisagem ou outra que viste, sentiras sempre um aperto no coração quando uma música retratar o teu sentir, com certeza tens um cheiro que guardas em ti, um toque que recordas com mais carinho. Existirá sempre algo que te fará lembrar de mim, tal como eu me lembro de ti. Chamas isso de saudade? Então digo-te que todos os dias tenho saudades tuas…