Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

embriaguez_lunática

embriaguez_lunática

...#1

Foram tempos diferentes, compassos perdidos no meio da multidão, foram janelas fechadas e portas trancadas. Foram dias e noites a correr para te alcançar, foram montanhas e planícies de sonhos inalcançáveis. Já não poderíamos ser mesmo nada, se nada quisemos ser um para o outro. Agora, tu ai escondido no teu abrigo e eu embrulhada na imensidão deste meu vazio, questionamos-nos se foi esse o melhor trilho. Temo que não tivesse sido, porem foi o que escolhemos e será esse que nos transportará para o futuro. Lamentar é fútil, sem preceito. Viver na ilusão do que poderia ser…essa sim será a maior prisão de um Homem, e esse itinerário não será meu. A ti, deixarei espaço no coração, pois é inevitável que te carregue nele. Mas dai a persistir, vai uma grande distancia. O que tiver que ser, será.

pequena_conversa_a_1#

O tempo preparou-me para não te ter do meu lado, a vida ajeitou-se para me fazer acreditar que não eras tu. Foram anos a identificar onde erramos, quem errou…inútil, e quando não consegues perceber o porquê, mais ilógico se transforma o sentir. Hoje presumo que estou acomodada, sim admito…acomodada a uma vida que quis construir do teu lado, mas no fim foi outra alma que me acompanhou. Tu perguntas-me porquê e a única resposta que te consigo dar é que: não sei.

Depois, oh depois como disse, a vida compôs-se sem saber nada de ti, concedeu-me um caminho distante do teu, e mesmo sempre caminhando passo a passo contigo, ainda assim bem longe de ti, acomodei-me ao meu novo mundo. E do zero construi um nada, mas um nada, que para mim é TUDO. Difícil? Eu sei, para ti é inalcançável o entendimento. E como eu te compreendo, pois se nem mesmo eu o consigo atingir.

O Tempo, esse fez-me muitas vezes olhar para trás, esse culpa-me, esse que leva dias e dias a apontar-me o dedo.

E Eu!? Ah eu, pois eu sei que unicamente serei culpada.

mas leva-me

De ti quero somente um abraço, um abraço de almas, quero sentir o calor do teu peito, um abraço forte que só tu és capaz de me oferecer. De ti quero um beijo, um beijo que me cale esta aseidade, que me leve para longe daqui, quero os teus lábios nos meus, para mergulhar num destino indefinido e certamente imperfeito. Quero te a ti junto de mim no meio de desta multidão, no entanto quero sentir-me apenas contigo. Vem e trás o calor do teu carinho. Pois hoje preciso de ti, vem roubar-me…leva-me para onde quiseres, mas leva-me.

 

 

como é possivel

Como existem criaturas que se manifestam em nome seja lá de quem, para privar outros de viver. O mundo vive momentos de severo terror, não há hipótese de compreender esta devastação gratuita conspirada por gente sem nome, sem moral, mentes vazias, programadas apenas para ferir. Como podem estes monstros chamarem quem quer que seja de infiéis, sabem lá eles o que é fidelidade, sabem lá eles o que é viver, sabem lá eles o que é pensar e ter vontade própria.

PAI, palavra de um amor incalculável.

O dia está a chegar, ainda que não seja (para mim) muito importante a celebração deste dia, pois no meu entender, o amor deve ser salientado em qualquer momento ou melhor em todos os instantes. Quero dedicar este post ao meu PAI, não estando ele comigo, mas estando sempre em mim. Um pai para mim, será sempre a imagem que trago do meu, um homem honesto, trabalhador, com um coração gigantesco. Um homem que trazia consigo defeitos como todos nós, que errou como qualquer um. Um Homem que sofreu como ninguém deveria sofrer.

Foste o meu herói, foste as minhas pernas quando ainda não sabia andar, foste a minha almofada nas noite em que acordava com pesadelos, foste a minha maca quando precisei ser levada para o hospital, foste médico, foste cozinheiro, foste aquele que sempre acreditou que eu era capaz. Foste tu Pai que alinhavaste a pessoa que hoje sou, Foste um PAI, o meu querido PAI. Um Grande Obrigado por teres sido TU.

embate#

Este embate que eu tive contigo, fez-me contestar tudo o que há um tempo reputei, tu estás arredado ao que estou a sentir. No entanto, estas convicto de que estarei aqui quando quiseres. E é ai que irás ter um revés de consciência. Presumo que irás perguntar o porquê da minha postura, e se tiveres ousadia de questionar, eu dir-te-ei com toda a veracidade que sou somente o reflexo das tuas deliberações.

tropecei e cai

Hoje percebi que já foste, mesmo antes de teres vindo. Ao amanhecer entendi que o mundo gira e das voltas que dá, deixa-te tonta, de tal forma que me impediu de ver com nitidez. Hoje tropecei e cai, um tombo gigantesco, de tal forma que a cabeça girou e quando parou viu, mas viu com olhos de ver e não com os olhos do coração. E com a razão entendi, que todas as desculpas que me deste, não tem qualquer fundamento, sabes perfeitamente. Perante este entendimento não resta senão desatar o laço que fiz contigo. Posso ser louca e posso até ter bebido de mais deste sentimento, mas quando entendes que estas a corroer o teu ser, lamentavelmente tens que desligar a ficha que alimenta este sentir. Por isso e por muitos outros motivos, hoje escolho-me, apenas a mim.